O despertar do príncipe


Basta acompanhar o blog para saber que eu adoro escrever e ler, vez ou outra estou postando resenhas aqui no blog para vocês acompanharem o que eu ando lendo, uma rede social minha que vocês podem ficar por dentro dos meus desejados, lidos, lendo etc. é o Skoob, a melhor rede social para os amantes da leitura.

Hoje eu trouxe para vocês um livro que já li um tempinho só estava esperando o momento certo para escrever sobre ele e trazer para vocês é O despertar do príncipe, esse livro é tão cheia de magia, amor e aventura que não tem como não se prender e se apaixonar pela história e os personagens tão especiais.

Antes de mais nada gostaria de avisar já a princípio que sou iniciantes na questão de fotos, estou aprendendo ângulos, luzes e edição aos poucos eu vou evoluindo e cada vez mais vou tentar melhorar o meu trabalho aqui com vocês, mas chega de blá-blá-blá e vamos logo com essa resenha que fiz com tanto carinho.



Livro: O Despertar do Príncipe
Autor (a): Colleen Houck
Editora: Arqueiro

Sinopse: O despertar do príncipe é o primeiro volume da aguardada série Deuses do Egito, uma aventura fascinante que vai nos transportar para cenários extraordinários e nos apresentar a criaturas fantásticas da rica mitologia egípcia. Colleen Houck é autora de A maldição do tigre, série que já vendeu mais de 500 mil exemplares no Brasil. “Os fãs de Rick Riordan vão se divertir com esta fantasia. Uma narrativa incrivelmente bem pesquisada com um ar de mistério e romance.” — School Library Journal Aos 17 anos, Lilliana Young tem uma vida aparentemente invejável. Ela mora em um luxuoso hotel de Nova York com os pais ricos e bem-sucedidos, só usa roupas de grife, recebe uma generosa mesada e tem liberdade para explorar a cidade. Mas para isso ela precisa seguir algumas regras: só tirar notas altas no colégio, apresentar-se adequadamente nas festas com os pais e fazer amizade apenas com quem eles aprovarem. Um dia, na seção egípcia do Metropolitan Museum of Art, Lily está pensando numa maneira de convencer os pais a deixá-la escolher a própria carreira, quando uma figura espantosa cruza o seu caminho: uma múmia — na verdade, um príncipe egípcio com poderes divinos que acaba de despertar de um sono de mil anos. A partir daí, a vida solitária e super-regrada de Lily sofre uma reviravolta. Uma força irresistível a leva a seguir o príncipe Amon até o lendário Vale dos Reis, no Egito, em busca dos outros dois irmãos adormecidos, numa luta contra o tempo para realizar a cerimônia que é a última esperança para salvar a humanidade do maligno deus Seth. Em O despertar do príncipe, Colleen Houck apresenta uma narrativa inteligente, cheia de humor e ironia. [www]


Como citado na sinopse esse é o primeiro volumo da série Deuses do Egito, o segundo que estou ansiosa para ler é O coração da Esfinge [www] que com certeza depois que lido terá resenha. Antes de mais nada queria ressaltar que a arte feita para esse livro ficou linda.


Lily Young personagem central do livro é uma adolescente que tem tudo que uma garota poderia sonhar, pais que a mimam, dinheiro, boas notas, moradora de Nova York e com amizades de alto nível da sociedade. Seu problema atual mostrado no início do livro é o dilema da faculdade.

Porém sua vida pode se tornar um pouco mais diferente do que ela estava acostumada, em mais um dia de explorar o Metropolitan Museum of Art, ela entra em uma sessão privada, uma nova sobre o Egito, lá ela poderia ter sossego, mas com certeza ver um rapaz de tirar o folego, praticamente nu e falando uma língua vindo sei lá da onde, não era o que ela planejava.

Com o desenrolar das cenas descobrimos que ele é na verdade Amon, um príncipe Egípcio, que estava tirando um “cochilinho” de mil anos no seu sarcófago que na realidade nem era pra estar em Nova York.

Amon conquista a confiança da jovem da Lily para que ela o ajude a encontrar seus irmãos e impedir Seth de causar caos a Terra, mas o acordo é claro depois de tudo concluída ele a devolvera no tempo exato que saíram como se nada tivesse acontecido. 

Com certeza eu gostaria de dar mais detalhes da história que são muitos e estão coçando na ponta dos meus dedos para serem digitados. Eu já sabia do talento para histórias da Colleen pois eu li a Maldição do Tigre, apesar das várias críticas e divergências que ocorreram, eu adorei e é outro livro que estou super ansiosa para trazer até vocês.

Confesso que esperava algo bom do livro, mas não tão bom como foi, a narrativa e o desenrolar da história lhe prendem a cada linha.

A personagem Lily é forte, sabe que é bonita e sabe definir claramente seus objetivos, mesmo que eles envolvam beijar uma múmia de mil anos.

Amon que seria o galã da história é todo composto de um verdadeiro, príncipe, respeito, coragem, sabedoria e muita beleza, mas confesso que na minha opinião ele poderia ter um pulso um pouco mais firme, achei ele meio melodramático demais em alguns momentos.
Os outros irmãos são ótimos também, cada um com uma personalidade, mas confesso que Asten é meu favorito, ele é aquele perfil brincalhão com jogos de diálogos que todos nós amamos para descontrair no livro.

A pegada mitologia egípcia já fez eu me apaixonar logo de cara pela trama, adoro histórias que envolvem mitos e histórias antigas e a Egípcia com certeza é uma das minhas favoritas, e a mais mimada da galera depois da grega ou romana que são mais fáceis de compreender.
A história é super focada nas aventuras e obstáculos deixando um pouco de lado o romance, ou seja se você espera cenas mais “awn” esse livro não é bem o caminho, você encontra muitas suposições mas é difícil concretizar, o final é de ficar com o coração na mão para morrer de vontade de ler o segundo.

Eu sou bem intensa quando se trata de livros ou eu gosto muito ou morro de preguiça de terminar ele, então minhas indicações são bem fieis aos meus gostos, por isso se você quer ler algo com aventura, mitologia, eu recomendo, ganhou quatro estrelinhas de mim por eu ser um pouco “clichê” e sentir falta de cenas mais amorosos. 


Espero que tenham gostado da resenha, fiz com calma para não esquecer de falar nada que pudesse atiçar a vontade de vocês de lerem.
Se quiserem de algum livro especifico é só falar nos comentários.

Até á próxima, J.D

Comente com o Facebook:

8 comentários:

  1. Nossa, quando comecei a ler o post, você falando sobre a história, não tinha lido coleen houck ali em cima e pensei na maldição do tigre, aí fui ver se não era a mesma autora, eu tenho os 3 primeiros da maldição do tigre, mas estão parados tem um bom tempo, comecei a ler o primeiro, mas acabei parando e não terminei ainda, e dá pra perceber, mesmo de sinopses, uma grande semelhança entre as histórias, ela certamente gosta de lugares exóticos e de histórias de príncipes e maldições, e as capas dos livros dela são sempre maravilhosas =O, achei interessante, mas acho que é um dever terminar a outra saga primeiro, heheheh

    beijoos

    ResponderExcluir
  2. Gosto de livros que me prendem assim. Acho que até hoje o único livro que li que tinha a mitologia grega foi a série de livros de Percy Jackson, agora da mitologia egípcia, nunca li. Achei interessante esse. Também sou fã do clichêzinho, principalmente amoroso, hahaha!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu também sou assim com livros: ou eu amo muito, ou demoro horrores pra terminar hahahaha amei essa resenha! Me deixou com uma vontade imensa de ler a história, gostei bastante da personalidade da Lily, acho que ia me apegar a essa personagem haha
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
  4. Oie Juliana =)

    Eu estou morrendo de curiosidade para ler o segundo livro. Simplesmente amei a série anterior da Colleen e pelo visto vou amar essa também.

    A cultura egípcia é maravilhosa, e bem pouco explorada nos livros. Mal posso esperar para ver o que a autora vai trazer por ai.


    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  5. Uau! Que capa bonita!! Eu nunca tinha lido livros sobre deuses do Egito, achei interessante!
    bjs
    blogtrashrock.com

    ResponderExcluir
  6. Uau! Que capa bonita!! Eu nunca tinha lido livros sobre deuses do Egito, achei interessante!
    bjs
    blogtrashrock.com

    ResponderExcluir
  7. Já vi muito sobre esse livro, mas ainda não li. Sua resenha ficou muito boa, me fez ficar mesmo com vontade de ler *-*!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  8. As fotos ficaram ótimas, Ju! Sempre tive vontade de ler esse livro! *-*

    Beijão, mariasabetudo

    ResponderExcluir